Nos últimos dias venho me questionando muito: será que eu to pronto pra enfrentar um sistema que foi construído pra desanimar pessoas que tem minha origem e história? Será que é inteligente lutar contra essa realidade agora? Será que eu não preciso estar mais maduro? Por mais que esses questionamentos continuem, trocar ideia com os meus, me abrir e buscar novas referências sempre me fazem voltar pro eixo. Uma dessas referências me deixou bem feliz. Resultado da junção de luta, insistência e persistência de pessoas que lutam a muito tempo por representatividade, o Trace é o primeiro canal de tv paga do Brasil a se dedicar inteiramente pra cultura afro e pra cultura urbana do nosso país.

Espero, de verdade, assistir um Brasil que a mídia esconde, de propósito é claro.